Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \29\UTC 2009

>Gosto muito de ler os artigos do site Somos Todos Um, mas nem sempre eu tenho tempo para isso. Hoje eu acordei meio de mau humor e recorri a alguma leitura que desse um “up” no astral. Encontrei um artigo escrito por Caio Cesar Santos, autor do blog Decida ser feliz! que escreve também para o “Somos Todos Um”. Diz assim:

Dê um “olé” em seus medos, seja criativo e viva de verdade!

por Caio Cesar Santoscaio@decidaserfeliz.com

Por que ser criativo dá medo? Milhões de pessoas sonhavam em ser astronautas, músicos, bombeiros, cantores(as), dançarinos(as), atores/atrizes, professores(as) etc. e desistiram de seus sonhos por perguntas do tipo: “Você não tem medo de dar errado? De passar fome? De se frustrar? De quebrar a cara? De ser um fracassado na vida?”

A resposta: “É claro que sim! Quem nunca teve medo de dar errado?”

Obviamente ninguém perguntava se as pessoas tinham medo de se tornar engenheiros, médicos, advogados, economistas, administradores, arquitetos ou outra profissão facilmente acolhida pela era industrial. Mas, será que estas profissões “sólidas” estão trazendo a realização para as pessoas que queriam seguir outro rumo na vida?

Será que sua decisão foi por sua escolha deliberada?

Segundo Elizabeth Gilbert, autora do Bestseller “Comer, Rezar, Amar”, os gênios aprenderam a captar momentos de intuição e transcrever para algo físico (uma música, um livro, uma inovação, uma jogada brilhante etc.). É um momento de transcendência quando algo mágico acontece. Um momento de “Olé!”.

Quando você faz o que ama, seu canal intuitivo estará em boa forma e você naturalmente terá vários momentos mágicos. “Olé”, segundo a história que narra a invasão da Espanha pelos Mouros, é uma variação da pronúncia da palavra “Alá”, que significa “Deus”.

Ainda nos dias de hoje, durante as danças flamencas ou nas touradas, as pessoas gritam “Olé” quando sentem que o artista fez algo impossível ou mágico. Então, “Olé” é quando algo divino se manifesta no mundo.

E você? Tem vivenciado momentos divinos em sua vida?

Assista a um maravilhoso vídeo onde Elizabeth fala sobre os desafios quando escolheu seguir seu coração e como isto continua mesmo após ter tido reconhecimento mundial em sua grande obra. Tem legenda em português disponível (basta clicar em “view subtitles” abaixo do vídeo).

http://video.ted.com/assets/player/swf/EmbedPlayer.swf

Think about it!!!
Boa quinta-feira!

Read Full Post »

>
Oi gente!

Recebi este e-mail e achei importante repassar.

Lata de Whiskas 340g – PERIGO!

Se você costuma dar o alimento úmido da Whiskas para o seu gato, temos uma coisa a lhe pedir: lave e amasse a lata antes de jogar no lixo!
Tem acontecido, com frequência, acidentes com gatos de rua envolvendo as latas de 340g. Eles sentem o cheiro e reviram o lixo para lamber a lata vazia. Ao tentar alcançar o fundo, ficam com a cabecinha entalada. Na tentativa de tirar a cabeça acabam se cortando feio. Às vezes não conseguem e ficam sem comer, morrendo de fome. Então, pedimos, por gentileza, lave e amasse a latinha quando for jogar fora.

O e-mail veio com fotos em anexo de um gatinho entalado numa dessas latas e eu não tive coragem de postar aqui. Tadinho! Ele sobreviveu mas com cortes profundos no pescoço.

Teve um blog, o Blog da Branquinha, que fez essa campanha no dia 14 de outubro deste ano. A Whiskas percebeu o post e mandou um e-mail resposta, que a Branquinha publicou. Neste e-mail avisam que o alimento não deve ser servido na embalagem e que, ao descartá-lo, deve ser mantido fora do alcance dos animais.

Bom, eu tenho gatos e quando compro esses alimentos enlatados, não sirvo para eles na lata. Uma coisa óbvia: primeiro, eles não vão comer todo o conteúdo de uma vez e, segundo, após aberta a lata a gente tem que colocar o conteúdo em outro recipiente senão estraga.

Concordando e transcrevendo parte do e-mail que recebi, “não há como impedir que gatinhos de rua remexam o lixo atrás das tais latas, pois o alimento é feito justamente para atraí-los”.

Sendo assim, uma das soluções é lavar a lata e amassá-la antes de jogar no lixo.

Assim como a Whiskas, outras marcas também fabricam produto semelhante, então não seria o caso de recriminar ninguém, embora eles possam fazer estudos para a mudança da embalagem. O fato é que se isso é um problema e precisamos aguardar que os fabricantes desses alimentos tomem suas providências, que façamos a nossa parte no momento do descarte.

Na maioria das vezes eu opto por embalagens individuais desses alimentos para consumo único, os sachês, é muito raro eu comprar enlatados. Mas eu também dou uma outra sugestão para o que fazer com essas latas, seja de comida para animais ou qualquer outro alimento, reutilize-as.

Se você tem uma mão boa para o artesanato, que tal reaproveitá-las? Elas podem ter outra utilidade e não precisam ir para o lixo, e você ainda contribui para a preservação do meio ambiente.

Na internet mesmo há dezenas de tutoriais ensinando a pintar, fazer decoupage, encapar essas latinhas e, por sinal, fica muito fofo!

Eis alguns links com idéias e tutoriais que podem ser úteis:

Oficina da criatividade (idéia)
Arte na infância (idéia)
Cacareco (tutorial)
Pra gente miúda (idéia, latinhas feitas pela minha amiga La Bambolina, lindas de viver!)
Fazendo arte com biscuit (idéia)
Sonho lilás (dica)

E existem inúmeros blogs e sites com mil idéias, sugestões, passo-a-passos de como reutilizar latas de diversos tipos e tamanhos.

Vale muito a pena!

Aqui fica o meu apelo e a minha dica!
Até a próxima!

Read Full Post »

>Open house!

>
Oie!
Primeiramente, sejam bem-vindos!

O Mila’s Ville – Open House! é uma extensão do meu blog “Mila’s Ville”. Isso mesmo! Fizemos um “puxadinho” e esticamos mais um cômodo, esse aqui!
O outro blog é fechado, ou melhor, apenas para convidados. Os motivos foram vários, mas o principal, foi o fato de ter elementos e textos muito particulares e isso, de certa forma, estava gerando um pequeno problema para mim. Como já o tenho há mais de 3 anos e muitas coisas foram escritas, resolvi deixá-lo privado e conservar ali as minhas memórias e aventuras, compartilhando apenas com aqueles que realmente me conhecem e não possuem a intenção de me prejudicar de alguma maneira.

Vendo num primeiro momento, vocês devem estar pensando que coisas muito comprometedoras estão lá no outro blog, né mesmo? Mas não é nada disso não. Um pouco de privacidade não faz mal a ninguém.

Como eu sou blogueira inveterada e fiquei meio agoniada por manter o outro blog privado, resolvi abrir este… rs. Assim, dá para conhecer mais pessoas bacanas e compartilhar pensamentos, textos, músicas, imagens legais.

É isso!!
Embora o tempo seja curto, eu vou tentar arrumar melhor o novo “cômodo” aqui e deixá-lo bem aconchegante para todos.

Super beijos!

Read Full Post »