Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 28 de dezembro de 2009

>Mais natal…

>

Mais algumas cenas do nosso natal em família. Não tem fotos de todo mundo, mas…

Anúncios

Read Full Post »

>

Viajamos na madrugada do dia 24 e chegamos junto com o amanhecer. Desde 2008 eu não pisava lá e desde a época de criança muita coisa mudou, a começar pela casa da minha tia que, conforme o tempo passa, ganha novos cômodos.
Paraty é uma delícia. Um lugar que sempre estará vivo na minha memória e que, havendo oportunidade, vou visitar. Essa vila de pescadores foi cenário de inúmeras férias de verão junto com a família, desde quando eu tinha uns 5 anos de idade.
Passa o feriado de Natal lá, foi realmente mágico. Teve um gostinho nostálgico com cheirinho de maresia. Ao chegar, com o dia amanhecendo, e ao começarmos a arrumar as bagagens na suite do andar superior da casa, da varanda, uma borboletinha veio nos visitar.
O cais continua o mesmo… Barquinhos dos pescadores locais que também servem para levar os turistas para as ilhas ao redor. Eu estava louca para alugar um e passear, mas acabou não sendo possível dessa vez.
Fiquei com a lembrança de navegar por ali com meus tios, ou no caiaque alugado na época da adolescência.
Pela segunda vez, meu filho tem a oportunidade de visitar o local. Nem preciso dizer que ele também se apaixonou… Quem não se apaixonaria? Águas rasas, mansas, limpinhas… solzinho gostoso e muita brincadeira.
Por mais que o tempo passe e as coisas evoluam, sinto como se esta pequena vila estivesse caminhando a passos lentos. Não mudou tanto assim, apesar de ganhar novas construções, restaurantes e pousadas. Reconheci alguns moradores desde a época da minha infância, mas provavelmente não fui reconhecida, afinal a gente cresce e muda um pouco.
Neste dias, a maré não estava tão cheia… e eu nunca vi esse rio tão sinuoso. Achei belíssimas as suas curvas e a forma como ele desembocava no mar. Em épocas de maré bem cheia, este rio fica tão fundo que, para atravessá-lo é preciso nadar. Eu adorava quando estava do outro lado da praia e tinha que mergulhar por ele para voltar para casa. Era uma delícia e, como criança, eu achava uma tremenda aventura ter que fazer isso.
Este lugar é perfeito para pessoas de qualquer idade. Amantes do sossego, da vida simples, das belezas naturais… Quem gosta de muita agitação certamente não consegue ficar lá por muito tempo. Mas é ideal para estar com a família, deixar as crianças soltas sem se preocupar… Ideal para não pensar em nada e simplesmente SER. O tempo parece passar devagar e tem momentos que dá até para pensar que o tempo parou.
Descanso é a palavra-chave desse vilarejo… é inevitável o encontro com o nosso interior.
Meu natal teve gostinho de férias, como se eu tivesse voltado no tempo e parado lá pelos verões dos anos 90. Não dá para explicar a paz, a harmonia, a comunhão…
Largar tudo por um mergulho…
Construir castelos de areia…
Ter fé que tudo ficará cada dia melhor…
Admirar as belezas simples e nunca deixar de olhar ao redor… pois há sempre um belo cenário a ser descoberto.
Conhecer o ofício de muita gente, que sustenta sua família simplesmente navegando… E vivendo uma aventura nova a cada dia… menino do rio… menino do mar…
Perceber como a natureza é tão perfeita que chega a emocionar…
Saber que a natureza é sábia e nos ensina a nadar desde cedo… Alguém que já é muito amado está vindo por aí… no ventre da minha irmã.
Experimentar o doce e o salgado…
Caminhar descalço…
Contemplar…
E ser testemunha da despedida do dia… Comprovar que existem sim, noites com sol.
Essas foram algumas cenas do natal da minha família. Infelizmente não caberiam todas as fotos, mas selecionei alguns momentos bacanas. A nossa ceia foi muito legal também. Todas as comidinhas tradicionais deliciosas (me acabei! rs) e Papai Noel compareceu com muitos presentes para as crianças. Um dos momentos mais emocionantes foi ver a alegria deles quando viram o grande saco vermelho repleto de caixas coloridas. Natan ficou surpreso, Pedro começou a gritar e a Duda chorava copiosamente de emoção. E nós, adultos, choramos feito crianças… Realmente foi muito emocionante!

No domingo de madrugada, voltei para casa com o meu marido e o pessoal decidiu vir de manhã cedo. Desde então, estamos descansando para o Reveillon que, este ano, promete ser simples e apenas com a família. Tem coisas melhor?!

Espero que todos tenham curtido muito esse feriado, cada um do seu jeito, mas que tenha valido a pena cada minuto.


Beijos grandes e volto depois!

Read Full Post »