Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 12 de julho de 2010

>

Não me deixe morrer para reconhecer a minha arte
Mesmo que exista vida “além mundo”
Não é a mesma que experimentamos agora

Por mais que a arte seja atemporal
o ser humano é brevidade
Não me deixe morrer para ter a certeza
de que a minha fidelidade não foi em vão.
Anúncios

Read Full Post »

>

Intimidade é a qualidade do que é íntimo, essencial… Hum!

Falar dessas coisas é tão íntimo né? rsrsrsrs. Redundâncias à parte, ainda não consegui deixar o tema fluir. Acho que às 6h dessa manhã chuvosa (mas quente) de inverno, só um cafezinho para abrir espaço para as idéias. Wait a minute, please!

Bom, intimidade caminha de mãos dadas com a confiança e ambas são adquiridas com o tempo. Falando em relacionamentos amorosos, sem intimidade não existe a total entrega e creio que isso seja imperativo para um sexo satisfatório. Eu disse sexo sim! Fazer amor vai muito além dos corpos nus em busca de prazer… Amor se faz todo dia, toda hora quando, simplesmente, se está junto, se faz presente mesmo que seja através de SMS ou MSN… Num “bom dia” caloroso, no desejar coisas boas, no andar abraçado, num cafuné. A intimidade permite ao casal penetrar profundamente na individualidade de cada um, sem medos, e com toda a disposição para partilhar o belo e o feio dentro de si mesmo.

 
Ontem comemoramos 12 anos de uma intimidade “oficializada” pelo casamento. Doze anos de cumplicidade, amizade, respeito e confiança. E toda essa intimidade reafirma a certeza de um amor duradouro, perfeito em suas imperfeições. Um amor descoberto muito cedo, colocado à prova muitas vezes, duvidado por muita gente, mas que perdura, nos engrandece, nos faz sonhar e realizar ao mesmo tempo… Simplesmente porque nos permitimos a entrega e, com isso, abraçamos uma vida comum em plenitude quando aceitamos que compartilharíamos cada momento, literalmente, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, mas com ressalvas… Não acreditamos na última parte: “até que a morte nos separe”, já que almas não perecem.


*Este post faz parte da Blogagem Coletiva promovida pela Crica Viegas

Read Full Post »