Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Dia das Bruxas’ Category

>

O Caldeirão
Fundido em ferro pintado de pretobrilhante, ele repousa na estante.
Ao lado, dois menores, não tãoiguais, que vieram das Minas Gerais.
Presente de uma querida amiga, elenunca foi usado, nem para fazer poções, nem ensopados.
Fica lá parado como enfeite e, comos anos, o fundo foi se tornando enferrujado.
Seu sonho? Sentir o calor do fogo,visitar o fogão a lenha, inchar os grãos de arroz.
Seu uso sempre foi deixado paradepois.
Inveja as panelas, as leiteiras ecafeteiras de um falso sotaque italiano.
Queria ser útil, participar dasrefeições.
Os menores ao seu lado, já parecemconformados com seus destinos consumados. Escorando as maçãs oferecidas aoduende da fartura, decoram a cozinha com ternura.
Do alto da estante ele observatudo: as pessoas em movimento… Sente o cheiro do café, do refogado, do coentroe passa a vida imaginando, como seria descer de lá para servir o jantar.

Trecho do Livro “Na ponta de cada sonho, no despertar de cada dedo”, disponível aqui.
Anúncios

Read Full Post »